quinta-feira, 12 de junho de 2014

É PROIBIDO FALAR MAL DE AÉCIO NEVES - JUSTIÇA "CAÇA" SUPOSTOS DIFAMADORES DO CANDIDATO TUCANO


ATENÇÃO: SE VOCÊ CRITICA AÉCIO NEVES, SE VOCÊ, MESMO QUE APENAS REPRODUZA EM SEU BLOG OU REDES SOCIAIS, AQUILO QUE OS GRANDES JORNAIS DIVULGAM, OU SEJA, AS POUCAS NOTÍCIAS OU MANCHETES QUE SEJAM DESFAVORÁVEIS AO CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E SENADOR TUCANO, MUITO CUIDADO !

SUA CASA PODE SER INVADIDA PELA POLÍCIA. COM UM MANDADO JUDICIAL, SEU COMPUTADOR, MÁQUINA FOTOGRÁFICA E TUDO QUE SIGNIFIQUE ACERVO DE INFORMAÇÃO, PODE SER CONFISCADO PELA POLÍCIA.


Segundo o jornal ESTADÃO, o Ministério Público do Rio de Janeiro e a Polícia Civil, fizeram uma OPERAÇÃO para apreender COMPUTADORES de uma quadrilha que estaria pelas REDES SOCIAIS, difamando através de ação "coordenada" o candidato Aécio Neves. A ação foi desencadeada após representação do PSDB.
A casa da jornalista ROBERTA MAFRA foi uma das "visitadas" pela POLÍCIA e pelo MP/RJ. Segundo a jornalista disse ao Jornal Estadão, ao chegar em casa ela encontrou tudo revirado e deu falta de seu computador e até de cartão de memória. A jornalista NEGA que tenha difamado Aécio Neves e afirma que nem mesmo é filiada a qualquer partido.
O PSDB, preocupado com a repercussão NEGATIVA do fato, que assume ARES de uma AÇÃO truculenta e pode ser associada a um ATO DE CENSURA (Aécio Neves e sua família são acusados de cercear a imprensa que lhe faz oposição em Minas Gerais), se apressou em divulgar NOTA afirmando que não pediu o confisco de "EQUIPAMENTOS".
A apuração corre, segundo o Jornal, em segredo de JUSTIÇA, sendo, portanto, impossível saber, o que essas pessoas podem ter feito, se é que fizeram, para serem objeto de uma AÇÃO dessa NATUREZA. O que elas podem ter escrito, para que a JUSTIÇA determine algo tão DURO. Até onde se sabe, em casos assim, de CALÚNIA e DIFAMAÇÃO, os autores são IDENTIFICADOS e PROCESSADOS. Não consta, por exemplo, que os AUTORES das REITERADAS calúnias contra LULA e sua FAMÍLIA, tenham tido suas casas invadidas. NÃO CONSTA que o computador da FUNDAÇÃO FHC tenha sido CONFISCADO, mesmo depois de identificado como sendo ponto de PARTIDA da campanha difamatória contra LULINHA.
O momento é GRAVE, e pelo que se vê, através de uma conduta de JUDICIALIZAÇÃO da campanha, Aécio Neves e o PSDB vão tentar CERCEAR e censurar tudo e todos que lhe façam oposição. Se calúnias foram escritas contra Aécio Neves, ele que atue para obrigar os PROVEDORES a retirar do AR as matérias consideradas criminosas. Que a JUSTIÇA identifique os autores e processe. Esse é o caminho, aliás o único caminho aceitável num regime democrático. Passou daí, é CENSURA E ABUSO DE PODER.

O blog tentou sem sucesso localizar o FACEBOOK / TWITTER ou outro canal da jornalista Roberta Mafra, para conferir o que ela publica.

LEIA AQUI A MATÉRIA DO ESTADÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário