sexta-feira, 7 de março de 2014

Executiva do PTB vai liberar Santiago pra se coligar com Cássio ou Ricardo



O presidente estadual do PTB, Wilson santiago, disse hoje que a executiva nacional da legenda se reunirá na próxima semana e por sugestão dele, o partido se posicionará em relação ao posicionamento dos estados diante da aliança com o partido dos trabalhadores PT.
Em entrevista a Rádio Sanhauá, ele disse que só se consegue ampliar as bases no Congresso Nacional liberando os partidos para apoiarem outras agremiações nos estados.
“Todos os estados da federação poderão definir melhor, não há partidos que tenham unanimidade, cada estado tem direcionamentos diferentes. O mais coerente e o mais razoável é que o partido edite suas propostas em cada estado da federação”, destacou.
Ele negou que mantenha conversas com o PMDB porque não foi procurado pelos membros, mas não descartou diálogos futuros. Sobre a possível aliança com o senador Cássio Cunha Lima, ele disse que algumas pré-candidaturas ao governo da Paraíba têm mais torcida que outras e enfatizou a importância de ouvir os filiados de seu partido ao mesmo tempo que conversa com as legendas.
Wilson Santiago disse que é necessário ter a maioria para 
definir os apoios e acredita que em um futuro próximo haverá a decisão do partido acerca das parcerias.
Indagado sobre a possibilidade de ingressar em uma chapa como vice-governador, ele disse que deseja ser candidato à vaga no Senado. “Nós não precisamos de promessa infundada e acredito que tenho capacidade de representar a Paraíba com projetos estruturantes para a Paraíba, precisamos crescer em conjunto para que a Paraíba tenha aquilo que os paraibanos desejam que é um futuro melhor”, finalizou.

jornaldaparaiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário